Bia Zaneratto fala sobre sua história no Palmeiras e identificação com o clube: “Sou muito feliz aqui”

Bia Zaneratto Palmeiras

A equipe feminina do Palmeiras se prepara para enfrentar o Santos pela final do Campeonato Paulista. Em entrevista concedida na Federação Paulista de Futebol, a atacante e capitã do Palmeiras Bia Zaneratto falou sobre sua identificação com o clube e carinho da torcida.

“Sou muito feliz aqui no Palmeiras. Esse reconhecimento por parte da torcida é fruto daquilo que faço dentro de campo. Esse carinho foi conquistado logo na minha primeira passagem. Tive curtas passagens. Esse é o primeiro ano que consigo ter um ano cheio no Palmeiras. E está sendo muito especial, ter o ano cheio, conquistando a Libertadores, algo histórico.

A atacante da Seleção Brasieira deu início a sua primeira passagem no Verdão em 2020, logo após a reativação da modalidade em 2019. No entanto, ficou apenas seis meses e retornou ao Wuhan Xinjiyuan, clube chinês pelo qual estava emprestada. Nesta primeira oportunidade, participou de dois jogos, fez dois gols e deu outras duas assistências.

“Acho que meu principal objetivo aqui no Palmeiras não é ter só marcas individuais, como conquistei no ano passado que eu ganhei todas as possíveis, e sim marcar meu nome conquistando títulos. E, esse ano venho conseguindo isso com essa camisa. Acho que me deixaria mais feliz terminar com essa taça indo para o Palmeiras”, continuou Bia.

Em seu retorno, em 2021, a Imperatriz vestiu a camisa alviverde em 15 partidas e balançou a rede em 13 oportunidades. Naquele ano, em que o Palmeiras foi vice-campeão, Bia jogou apenas a primeira fase do Brasileiro 2021 e recebeu os prêmios de artilheira e craque.

Contratada em definitivo, no fim de 2021, nesta temporada Bia fez sua terceira passagem pelo Verdão, a única completando o ano com a camisa palmeirense. A capitã também falou sobre a expectativa de conquistar o título estadual e escrever mais um capítulo de sua história no Palmeiras

“Marca sim meu nome na história do Palmeiras, e acho que o Paulista será muito especial também por conta do tempo que não conquistava essa competição. Eu realmente visto a camisa com muito orgulho. Hoje, sendo a capitã, escolhida pelo Belli, independente da situação do jogo, se precisar defender eu defendo e se precisar atacar eu vou estar atacando. Quero ajudar da melhor forma”, finalizou.

O primeiro duelo da final entre Santos e Palmeiras acontece em Santo André, no estádio Bruno José Daniel, no sábado, às 19 horas (de Brasília). Já a grande decisão é no Allianz Parque, às 15h30 (de Brasília), já que o Palmeiras foi detentor da melhor campanha na primeira fase do estadual.

O post Bia Zaneratto fala sobre sua história no Palmeiras e identificação com o clube: “Sou muito feliz aqui” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.