“Casemiro da Coreia do Sul”, Jung Woo-Young pode atuar com atacante brasileiro no futebol do Catar em 2023

Seleção sul-coreana enfrenta o Brasil nesta segunda-feira (5), pelas oitavas de final da Copa do Mundo

Durante análise feita no programa Seleção Catar, do SporTV, o comentarista Henrique Fernandes chamou atenção para uma peça no time da Coreia do Sul, que enfrenta o Brasil pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar, nesta segunda-feira (5). E não foi o atacante Heung-Min Son, que atua no Tottenham com Richarlison e Harry Kane.

Trata-se de Jung Woo-Young, apontado como o “Casemiro” da Coreia: volante, camisa 5, que atua na proteção do meio-campo da equipe asiática. O jogador de 32 anos defende o Al-Sadd, do Catar, e pode ter um atacante brasileiro como companheiro de time em 2023.

Isso porque o centroavante Raniel não está nos planos do técnico Odair Hellmann no Santos e a diretoria do Peixe busca um novo destino para o jogador. O staff do Alvinegro Praiano vem se movimentando nos bastidores, com o intuito de encontrar na Arábia Saudita, Emirados Árabes e Catar um time para o atacante jogar na próxima temporada. 

Se for para o Catar, país da Copa do Mundo, Raniel pode ser parceiro ou até mesmo adversário de Jung Woo-Young, meio-campo que representa a Coreia do Sul nesta segunda-feira (5), contra a Seleção Brasileira nas oitavas de final da Copa. 

Quem irá ao mata-mata? E quem levantará a Taça? Dê seus palpites com este simulador da Copa do Mundo do Qatar 2022. Baixe o aplicativo Bolavip e acompanhe em tempo real todas as informações sobre a Copa do Mundo Catar 2022: https://bit.ly/BV-app22.