“Não é fácil…”; Hulk ‘não se intimida’, se impõe na liderança e  traz à tona uma das metas para o Atlético na temporada

Autor dos dois gols da primeira vitória do Galo no ano, o camisa 7 revelou uma meta para o ano

 

A temporada de 2023 começou de fato para o Atlético Mineiro. O Galo fez seu primeiro jogo no comando de Eduardo Coudet e com os novos reforços que chegaram. Na vitória por 2 a 1 sobre a Caldense, neste sábado (21), deu para se ter um pouco de noção do que virá pela frente para os atleticanos

A partida foi no Independência, com mais uma vez  Hulk  brilhando no ataque do time mineiro. O camisa 7 marcou os dois gols da vitória atleticana, ambos saíram através de cobranças de pênaltis. Além dele, o atacante Paulinho que fez sua estreia também mostrou que poderá ser um ‘forte concorrente’ na artilharia Alvinegra, afinal, nos dois últimos anos Hulk ficou com esse posto e em entrevista após o jogo ele afirmou que vai ‘dobrar a meta’. 

 

Segundo o camisa 7, ele busca sempre se superar e relembrou  da sua trajetória no Galo: “Procuro sempre me superar. A gente sabe que não é fácil. No primeiro ano, fiz 36 gols. No segundo ano, 29 gols. Neste ano, no mínimo fazer mais de 30. Mas claro, o mais importante é o coletivo, é buscar títulos com a camisa do Galo e fazer história junto com meus companheiros”.

Foto: Fernando Moreno/AGIF

 

 

Hulk tem ao todo  67  gols com a camisa do Galo, ele  se tornou o 26º maior artilheiro do clube, ultrapassando outros grandes nomes que jogaram pelo time mineiro: “A responsabilidade para a gente no momento é grande. No primeiro pênalti, ele saiu antes e eu chapei. No segundo, ele esperou o máximo, mas eu bati forte, cruzado. Fui feliz nos dois pênaltis. Agradecer a Deus e a toda massa que veio aqui”.