Público de Corinthians x Internacional oferece retrato do avanço do futebol feminino no Brasil

O clima começou a se formar cedo na região de Itaquera. Nos arredores da Neo Química Arena, o cheiro de churrasco e o grito dos ambulantes já se faziam presentes desde a manhã. Era dia de encher a casa para ver o Corinthians jogar. Uma antiga relação de amor que virou história neste sábado (24), durante a final do Brasileirão Feminino Neoenergia. Com 41.070 torcedores, a Fiel Torcida bateu o recorde de maior público de um jogo feminino de clubes no país e na América do Sul.

Uma marca impressionante, que vai demorar para sair da memória de cada jogadora do Alvinegro. Enquanto se esforçavam para atender os pedidos por fotos e autógrafos, as atletas do Corinthians tentaram explicar a importância do apoio da Fiel.

“Acho que não tenho nem palavras para descrever esse jogo e esse número. É muito emocionante. Depois do apito final escorreram lágrimas. É um sentimento forte”, disse Jheniffer, autora do gol que fechou a vitória na final.

“É bom estar em casa, ser abraçada novamente por essa torcida, conquistar mais um título com a Arena lotada, ver que o nosso projeto está crescendo ainda mais”, afirmou a goleira Leticia Izidoro.

Em campo, o Corinthians derrotou o Internacional por 4 a 1 e conquistou seu tetracampeonato do Brasileirão Feminino Neoenergia.

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia quebra recorde de público do futebol feminino no país Torcida do Corinthians encheu a arena para o título do Brasileirão Feminino Neoenergia
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia quebra recorde de público do futebol feminino no país Torcedores e torcedoras de todas as idades estiveram presentes nas arquibancadas
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Por todos os cantos da arena, o que se via era o público típico do futebol feminino. Famílias, jovens e mulheres lotando as arquibancadas, empurrando o Corinthians e quebrando mais uma marca. O jogo delas é muito bem jogado e não carrega alguns dos vícios do futebol masculino, dentro e fora de campo. É isso que os torcedores têm começado a perceber ao abraçar cada vez mais a modalidade.

Na semana anterior, no jogo de ida e na decisão do Brasileirão Feminino Binance A-2, foi justamente esse o espírito que também se testemunhou nas arquibancadas.

“O futebol feminino pode propiciar isso para o torcedor. Não tem tanta pressão, você vem mais relaxado, traz a família”, analisou Aline Pellegrino, gerente de competições da CBF.

Ela ainda destacou o fato do Corinthians ter vendido seus ingressos para a final, o que mostra a maturidade do trabalho desenvolvido pelo clube.

“Muitas pessoas pensavam que a modalidade jamais encheria o estádio com ingressos pagos. Na ida, a entrada foi gratuita, mas também não há problema. São clubes e torcidas que estão em momentos diferentes. O Internacional é um grande clube e também vem fazendo um ótimo trabalho”.

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia quebra recorde de público do futebol feminino no país Famílias foram a marca do público de sábado na Arena
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia quebra recorde de público do futebol feminino no país Festa alvinegra foi completa na final do Brasileirão Feminino Neoenergia
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Não foi à toa que o recorde foi quebrado pela torcida do Corinthians. Referência no desenvolvimento do futebol feminino no país, o clube é o maior campeão nacional e tem uma relação especial com a modalidade. Presidente do Timão, Duílio Monteiro Alves reforçou a necessidade de construir o futebol feminino como um todo e o papel que o Corinthians pode ter nisso:

“Nossa torcida é diferente em tudo. Junto com eles, vimos as brabas dando um show mais uma vez. Batemos o recorde de público do futebol feminino no Brasil. Ficamos muito contentes com essa conquista, com o crescimento da categoria, que é muito importante. O Corinthians trabalha para isso, não só para suas conquistas, mas para que tenhamos cada vez mais apoio na modalidade”.

 

“Essa torcida incrível merece todo o nosso esforço dentro de campo”

– Tamires

 

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia: Corinthians x Internacional. Tamires Tamires comemora o título com a Fiel ao fundo
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia: Corinthians x Internacional. Gabi Zanotti Gabi Zanotti levanta a taça em meio aos torcedores alvinegros
Créditos: Thais Magalhães/CBF

Antes mesmo do recorde do Internacional no jogo de ida, a torcida corintiana já havia começado a se mobilizar para encher a Neo Química Arena. O movimento #InvasãoPorElas ganhou as redes sociais e se transformou em apoio em massa.

“Não esperávamos um público diferente. A Fiel apoia a gente desde o começo. 18 torcedores começaram essa #InvasãoPorElas. Chegar aqui hoje, batermos o recorde… A festa foi linda, fizemos o melhor que podíamos. Sem dúvidas o título é para a gente, mas para o nosso torcedor também”, comemorou Letícia Izidoro.

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia: Corinthians x Internacional. Invasão por Elas #InvasãoPorElas: o movimento que impulsionou o recorde
Créditos: Thais Magalhães/CBF

O recorde fez com que o time jogasse ainda melhor, corresse ainda mais, para que o título ficasse no Parque São Jorge. Foi o que revelaram as duas capitãs do Timão.

“Essa conquista representa todo o nosso trabalho. E foi incrível o que a nossa torcida fez mais uma vez. É por eles que jogamos e vai ser sempre assim”, respondeu Grazi.

“Disputamos a final em casa, batemos o recorde de público. Essa torcida incrível merece todo o nosso esforço dentro de campo. Fechar o campeonato com essa medalha de ouro no peito… Obrigado aos torcedores que vieram, aos que acompanharam de casa. Esse título é de vocês também”, finalizou Tamires.

Dentro e fora de campo, o Corinthians fez história na final do Brasileirão Feminino Neoenergia. Mais do que o tetracampeonato, Timão e Inter protagonizaram uma tarde que será lembrada por muito tempo para quem acompanha a modalidade e luta por um futebol mais igual. O dia que uma arena de Copa encheu suas arquibancadas para descobrir o novo campeão brasileiro.

Final do Brasileirão Feminino Neoenergia quebra recorde de público do futebol feminino no país 41.070 presentes: recorde histórico para um jogo de clubes no futebol brasileiro e sul-americano
Créditos: Thais Magalhães/CBF