Qatar 2022: “Tentei criar algo”; Arrascaeta lamenta estreia com derrota pela seleção uruguaia na Copa do Mundo

O meio-campista ficou de fora do empate diante da Coreia do Sul e foi acionado na derrota para Portugal

O Uruguai não teve boas notícias na última segunda-feira (28), diante da seleção de Portugal. A equipe perdeu para os europeus por 2 a 0 na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, ambos os gols marcados por Bruno Fernandes. Considerado um dos craques da Celeste, Giorgian Arrascaeta lamentou a derrota no Estádio Lusail.

Na primeira partida, que terminou em empate com a Coreia do Sul, o meio-campista não foi acionado. Já contra Portugal, Arrascaeta, que se recupera de uma pubalgia, entrou no segundo tempo. “Novamente escapou. Buscamos o resultado e acredito que tivemos algumas boas chances para empatar no segundo tempo. Infelizmente deixamos escapar mais uma vez”, disse. O meia também foi questionado sobre as suas condições físicas em campo.

A comissão técnica e o departamento médico tentam me deixar 100%, então fico feliz que tenha entrado hoje, ainda que não tenha servido para empatar o jogo. Sempre tento dar o meu melhor e estou bem. Toda a equipe sempre vai dar o máximo”, revelou. Apesar da frustração, o jogador não se deixa abalar e projetou o duelo decisivo contra Gana, na rodada final da fase de grupos.

Obviamente que, depois de avançarmos ao ataque, cedemos mais espaços. Fizemos um pênalti na reta final. Tentei ajudar meus companheiros para que a bola chegasse neles, tentei criar alguma coisa, mas infelizmente saímos com a derrota. Agora temos que seguir fortes, brigar com ‘unhas e dentes’ contra Gana. Vai ser uma final”, finalizou.