Rony “dribla tabu” e tem a melhor temporada de um camisa 10 do Palmeiras desde o retorno à Série A

Rony

A temporada de 2022 começou com uma novidade. Após usar a camisa 7 durante 2021, o atacante “devolveu” o número para Dudu – que usou a 43 em seu retorno no ano anterior – e passou a utilizar a camisa 10. Assim, o jogador precisou “quebrar um tabu” envolvendo o número no Palmeiras.

Desde 2014, ano do retorno palmeirense à Série A do Brasileirão, o número 10 é alvo de polêmicas devido à queda de rendimento nos jogadores que a utilizam. No período, nenhum camisa 10 do Verdão participou diretamente de mais de 10 gols em uma única temporada.

A única exceção foi Luiz Adriano, que marcou 20 gols e deu deu quatro assistências em 2020. No entanto, o ano seguinte marcou o declínio do centroavante em sua passagem pelo Verdão, culminando em saída polêmica após balançar as redes apenas cinco vezes em 2021.

Mesmo com o bom 2020 do centroavante, Rony foi o melhor camisa 10 palmeirense desde 2014. Ao todo, durante 2022, foram 23 gols e seis assistências na temporada marcada pelo título do Brasileirão.

Os números do atacante o colocam, ainda, como artilheiro do Alviverde na temporada, recebendo destaque e “quebrando a maldição”.

Confira o desempenho de todos os camisas 10 do Palmeiras desde o retorno do clube à Série A:

  • 2014 – Valdívia – 4 gols e 6 assistências;
  • 2015 – Valdívia – 0 gol e 0 assistência;
  • 2015 – Cleiton Xavier – 1 gol;
  • 2016 – Cleiton Xavier – 4 gols e 6 assistências;
  • 2017 – Moisés – 4 gols e 3 assistências;
  • 2018 – Moisés – 2 gols e 4 assistências;
  • 2019 – Moisés – 2 gols e 2 assistências;
  • 2019 – Luiz Adriano – 7 gols e 1 assistência;
  • 2020 – Luiz Adriano – 20 gols e 4 assistências;
  • 2021 – Luiz Adriano – 5 gols e 4 assistências;
  • 2022 – Rony – 23 gols e 6 assistências.

 

O post Rony “dribla tabu” e tem a melhor temporada de um camisa 10 do Palmeiras desde o retorno à Série A apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.